Resiliência um caminho para a felicidade

Várias vezes no consultório as pessoas perguntam qual o segredo para uma vida feliz, se alcançar uma vida sem sofrimentos nem ansiedade era possível. A verdade é que não há uma formula mágica, uma receita que qualquer pessoa possa seguir e que funcionaria 100% das vezes. Pois a resposta não é simples, as pessoas são diferentes umas das outras, os desejos e objetivos diferem pra cada pessoa, sem falar, é claro, dos aspectos externos ao indivíduo.


Poderíamos perguntar a várias pessoas aquilo que as fazem felizes, e teríamos sem dúvidas várias respostas diferentes, por exemplo: pra algumas pessoas a felicidade está em encontrar um grande amor; para outras em ter estabilidade financeira; algumas viajar para um lugar que sempre sonhou e, pra muita gente, a felicidade estaria em todas as opções anteriores e muito mais.


Verdade seja dita, seria praticamente impossível viver uma vida sem sofrimento, e encontrar uma resposta universal para felicidade é mais difícil ainda. Mas há algo que pode ser feito a respeito, não um truque, nem medicamento. O “segredo” não está na ausência de sofrimento, na verdade não há segredo algum, mas algo que ajuda bastante a lidar com as dificuldades da vida, uma das características mais fantásticas dos seres humanos, a resiliência. O vídeo abaixo apresenta um trecho retirado do filme Rocky Balboa. Neste, vemos o discurso de um pai que tenta explicar ao filho que vencer na vida está ligado a capacidade das pessoas em suportar adversidades e continuar seguindo em frente .


Já discuti em textos anteriores a importância da percepção e do pensamento positivo, agora venho abordar mais um tema, que, acredito ser pertinente, a resiliência. Mas antes de falar de sua importância, tenho que falar o que é. A resiliência é um termo que foi emprestado da física, é mais ou menos a capacidade de algo sofrer pressão sem se danificar, já para a psicologia é a capacidade que possuímos de superar as adversidades, de aprender com os erros e ir além.


A resiliência não se trata de desconsiderar o que acontece de ruim com a gente, mas sim compreender àquela situação e seguir em frente. Na vida enfrentamos várias situações adversas, tanto as mais sérias como por exemplo a perca de um emprego, o fim de um relacionamento, até mesmo o falecimento de alguém próximo, além é claro das situações mais corriqueiras, como não encontrar um lugar pra estacionar, ter a série favorita cancelada, ou ter que lavar a louça. Resiliência não é ignorar esses fatos, é mudar aquilo que pode ser mudado e aceitar aquilo que não pode, é aprender a se adaptar as situações, e perceber que independente do que acontece com a gente, “vida que segue”.


No consultório explico aos pacientes que não podemos viver sem sofrer, mas podemos aprender a superar o nosso sofrimento, e reparar nas coisas boas, e não apenas naquilo de ruim que acontece com a gente. Resiliência está intimamente ligada à capacidade que os seres vivos têm de se adaptarem, não é à toa que, a evolução não está baseada na força de um organismo, mas sim na capacidade de mudar e se reinventar.





#resiliência #felicidade #rockybalboa

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 por Priscila Vasconcelos.